Viver com menos

Vou te convidar pra uma reflexão hoje.

Para viver, você precisa de tudo que tem?

Tem certeza?

Escolhe uma gaveta, por exemplo, examina as peças nela e tenta lembrar quando foi a última vez que usou cada uma. Tenho certeza que vai encontrar ao menos umas duas que não consegue nem lembrar quando usou porque faz tempo.

Ainda não se convenceu? Faz o mesmo exercício na sua bolsa. É capaz de encontrar ainda mais itens sem uso, porque a gente sempre pensa que “pode precisar”, mas nunca precisa e o item continua lá assim mesmo.

E por que a gente acumula coisas que não usa e não precisa pra viver? Não sou psicóloga, mas acho que, ao menos em alguns casos, essa tendência tem um aspecto psicológico. Talvez exista até um componente evolutivo. A gente acumula pra se sentir mais seguro, sei lá.

Eu sou uma pessoa com tendência a guardar coisas, principalmente aquelas que estão ligadas a memórias afetivas. Mas a vida foi me dando umas porradas umas lições e hoje consigo controlar bem melhor meu impulso (não que tenha me livrado dele totalmente). Depois que saí da casa da minha mãe passei uns anos sem paradeiro muito certo e as coisas que deixei guardadas lá acabaram no lixo. Minha avó me deu o jogo de chá que ela ganhou quando casou e um dia eu derrubei a caixa no chão e não sobrou uma peça inteira. Quando mudei de apartamento precisei passar mais de uma semana empacotando coisas. Se tivesse menos, teria sido mais rápido.

O golpe derradeiro aconteceu quando passei a viver sem faxineira.

Limpar um monte de enfeites em cima dos móveis é castigo que ninguém merece. Pensei em guarda-los, mas os armários estavam cheios. Foi então que comecei de verdade a tentar viver com menos. Se tem espaço nos armários pra guardar o que é realmente necessário, você fica com superfícies livres e fáceis de tirar pó.

Como já expliquei neste post, não dá pra organizar tralha. Se você tem só o que usa e precisa, consegue organizar (e manter organizado).

Ter mais do que precisa também impacta o meio ambiente. Sim, é verdade. A produção de qualquer item gera demanda por recursos da natureza. Quando maior a demanda, mais recursos do planeta a gente consome.

Que tal facilitar sua vida e contribuir para a saúde do planeta vivendo com menos?

Pense nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *