Dá certo mesmo? – limpar blindex com bombril seco

Quando comprei o apartamento em que moro coloquei o banheiro no chão e construí um novo. Coloquei azulejos brancos nas paredes, com uma faixa de pastilhas em tons verdes. Troquei o chuveiro elétrico por uma ducha a gás. Restituí a banheira que originalmente existia no banheiro, depois de derrubar as paredes de alvenaria do box que havia sido construído no local dela. Para fechar a banheira encomendei uma porta de vidro blindex – verde, pra combinar com as pastilhas.

Como obra nunca é um mar de rosas, a entrega do blindex atrasou. Precisei mudar – e começar a tomar banho – com a banheira aberta. Ter que secar o piso do banheiro após o banho era um saco, mas felizmente o blindex chegou uns 3 dias depois.

Ainda lembro daquele vidro verdinho, totalmente transparente, límpido…

Aquela beleza só durou umas poucas semanas antes que as terríveis manchas de sabonete/gordura corporal começassem a se acumular no vidro. 😡 Foi então que comecei minha busca pelo produto certo para devolver a transparência ao meu blindex.

Assisti no YouTube um vídeo dizendo para usar bombril seco. Segundo a narradora, não sobra uma manchinha sequer de sabonete. Resolvi testar. Logo que acordei peguei um bombril novo e me dirigi ao blindex seco. Fotografei o “antes” e, seguindo as instruções do vídeo, comecei a esfregar. Esfreguei, esfreguei e olhei. As manchas continuavam lá. Pensei: “devo ter esfregado pouco”. Voltei para dentro do box e esfreguei mais. Esfreguei. Esfreguei. Esfreguei.

Não vou dizer que nada mudou. O bombril reduziu um pouco as manchas no vidro, mas não acabou com elas. Então posso afirmar que limpar blindex com bombril seco NÃO FUNCIONA.

Bjs e até o próximo post!

1 thought on “Dá certo mesmo? – limpar blindex com bombril seco”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *