Planeje suas finanças

Neste post aqui te dei dicas para se planejar e gastar bem seu rico dinheirinho na Black Friday. Hoje quero te dar dicas pra fazer sua grana render mais o ano todo. Quer ver como? Continua lendo.

Planejar como gastará o salário é a chave do sucesso. Na minha vida já gastei muito dinheiro por impulso, sem planejamento. Quando paro pra pensar nisso, dá até vontade de chorar. Pode ser que, como eu, você também já tenha gasto muito sem planejar, mas posso garantir que nunca é tarde para mudar. Para começar o processo de mudança, você precisará seguir estes 5 passos:

1- Descubra quanto ganha

À primeira vista este passo pode parecer bobagem, mas não é. Tem muito assalariado que não olha o contracheque e nem sabe o valor do salário líquido. Sim, o quanto você EFETIVAMENTE ganha é o valor que sobra depois de todos os descontos. Se além do salário você tem alguma outra renda, como aluguéis, trabalhos extras, etc, precisa somar esses valores ao salário líquido.

Se você é autônomo ou profissional liberal, não tem contracheque para saber quanto ganha. Descobrir isso dará um pouco mais de trabalho, mas não é impossível. Passe a tomar nota de todos os valores que recebe durante o mês. Faça isso por pelo menos 3 meses, assim poderá calcular sua renda média.

2- Descubra quanto gasta

Guarde os comprovantes de todos os gastos. Eu disse TODOS. Depois separe-os por categorias. Você pode estabelecer categorias como moradia, transporte, alimentação, lazer, etc, ou separa-los apenas por gastos fixos e gastos eventuais. Ao somar os gastos de um mês você se assustará com quanto vai embora em pequenas despesas, como cafezinho, água mineral, docinho depois do almoço, etc! Faça isso por pelo menos 3 meses, para poder apurar a média mensal de gastos.

3- Descubra onde pode economizar

Neste passo a mágica começa. Depois de listar as despesas, você precisará analisa-las. Comece abatendo os gastos do valor do salário e descubra se está vivendo com o que ganha. Tem gente por aí que ganha R$ 1.500 mas gasta R$ 2.000. Como custeia a diferença de R$ 500? Com cheque especial e/ou cartão de crédito. Isso está certo? Não, e uma hora o problema se tornará insustentável.

Feita essa conta, verifique no que está empregando a grana. Está gastando muito com comida na rua? O carro (financiamento, combustível, estacionamento, manutenção) custa muito caro? Está comprando roupas demais, eletrônicos demais?

Se você gasta mais do que ganha, use a análise para descobrir onde reduzir despesas para que sejam no mínimo iguais ao valor do salário. Se termina o mês no zero a zero, veja onde pode gastar menos para fazer sobrar dinheiro no fim do mês.

4- Estabeleça limites e metas

Pegue as categorias que utilizou para organizar as despesas e estabeleça limites mensais para elas. Se decidiu gastar R$ 800 por mês no supermercado, gaste apenas R$ 800.

Mas se você só criar os limites, não vai aguentar viver assim por muito tempo. Afinal o dinheiro que ganhamos não serve só para a sobrevivência básica. Tem que servir para proporcionar prazer também. É aí que entram as metas.

Decida as formas prazerosas com as quais quer gastar seu dinheiro: vestido novo, viagem, smartphone. Transforme-as em metas. Não esqueça que metas precisam ser específicas, como expliquei neste post aqui. O vestido que você quer comprar custa R$ 500, então estabeleça a meta de guardar essa importância. Quando tiver os R$ 500, vá na loja e compre.

Com essas metas em mente, você vai pensar duas vezes antes de gastar dinheiro sem planejamento, já isso te deixará mais longe de alcança-las.

5- Aprenda a investir

Guardar dinheiro para alcançar as metas é bom, mas demora muito. Para encurtar o caminho você precisará aprender a multiplicar a grana com investimentos bem feitos. Eu achava que investir era uma coisa muito complicada, impossível pra mim. A internet está me mostrando o contrário. Hoje em dia tenho até uma conta em uma corretora! Busque canais no YouTube e sites com o Google. Pra começar indico o Me Poupe.

Você é uma gastadora impulsiva, ou uma poupadora que planeja? Conta pra gente nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *