Tradições natalinas: árvore

Já que estamos entrando no espírito do Natal, que tal aprender um pouco sobre as tradições natalinas? Vamos começar com a árvore de Natal.

Não é segredo que eu adoro montar decoração de Natal e a árvore é sempre a estrela aqui em casa. Quando era criança, o pinheirinho que tínhamos era pequeno para o meu gosto, que sonhava em ter uma árvore enorme, do tamanho de uma pessoa. Quando passei a ter minha própria casa realizei o sonho. O primeiro pinheiro que comprei tinha 2,10 metros de altura. Ele não durou muitos natais porque os pés de plástico estragaram com o peso. O que comprei em substituição tem 1,80 metros. Ainda é bem grande.

Mas afinal, como a árvore decorada passou a ser símbolo do Natal?

Segundo o site Mundo Estranho, enfeitar árvores é um ritual muito antigo e os primeiros registros da adoção desse costume pelo cristianismo datam do século XVI. No norte da Europa, onde o pinheiro é muito comum, as pessoas começaram a montar árvores em casa, usando velas para enfeita-las, simbolizando a luz que Jesus é para o mundo, estrelas como a Estrela de Belém, rosas em homenagem a Maria e até hóstias.

A partir de 1841 a tradição se difundiu. A Inglaterra dominava meio mundo, por isso todos começaram a adotar o costume depois que o príncipe Albert, marido da rainha Vitória, montou uma árvore de Natal no palácio real.

Como você gosta de decorar sua árvore? Conta pra gente nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *