Olimpíada no Rio: acabou

Faz uma semana que acabou a Olimpíada no Rio de Janeiro. 🙁

Como falei no outro post, reclamei pra caramba antes,  mas depois que o negócio começou, peguei gosto. A cidade ficou mais cheia de gente e de vida. Línguas e cores diferentes. Andei de metrô com um grupo de indianos usando turbantes!

Assisti apenas uma competição: uma prova de salto equestre.

Fui para Deodoro de trem. Na Central cartazes em português e inglês, além dos voluntários, orientavam as pessoas até o trem certo (pegava trem para ir para a faculdade antigamente e chegar à composição certa podia ser uma coisa bem difícil). Descer na estação de Magalhães Bastos e caminhar até a Vila Militar foi fácil e animado, junto com centenas de pessoas de vários países e estados brasileiros.

A prova foi fantástica! As regras são muito semelhantes às do agility, esporte que pratiquei com meus cachorros. Na verdade é o contrário, porque o agility foi criado com base nas provas de saltos dos cavalos, mas tudo bem. Meu marido, que não conhecia o salto, foi achando que seria chato, mas adorou e vibrou com os bons e maus desempenhos, até com o cavalo que refugou e derrubou o cavaleiro.

No Parque Olímpico tudo muito organizado, com bebedouros para a gente abastecer as garrafinhas d´água, muitos banheiros, posto médico, lanchonete e lojinha. Os voluntários e militares muito simpáticos e prestativos.

Fui ao Boulevard Olímpico uma segunda vez, para vez a Pira Olímpica. Segundo informou a Prefeitura, o lugar foi mais visitado que Cristo Redentor e Pão de Açúcar. Bombou! Pretendo ir mais vezes para fotografar.

Mas como festa não dura pra sempre, os Jogos Olímpicos 2016 terminaram, deixando os cariocas com saudade. Dar uma olhada nas fotos no meu Instagram pode ajudar a matar um pouco da saudade 🙂

E você? Esteve no Rio durante as Olimpíadas? O que achou?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *